Propaganda Pio do Jacu

O marido de Diene Silva de Brito, assassinada na última quarta-feira (29), se apresentou na delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. As informações são da Massa News.

Samuel Bezerra, de 26 anos, se apresentou por livre e espontânea vontade e, durante depoimento ao delegado Herculano Abreu, disse que matou Diene com uma facada no peito e alegou legítima defesa.

Samuel irá responder em liberdade por feminicídio.

Quem encontrou o corpo de Diene dentro de casa foi um vizinho do casal, que decidiu entrar na casa pois notou que os vizinhos não estavam há alguns dias, viu algumas moscas na janela e estranhou, já que os cachorros ainda estavam na propriedade, mas sem os cuidados dos donos.

O vizinho encontrou Diene em estado avançado de decomposição, deitada em um sofá ao lado da cama. Ele chegou a enviar uma mensagem a Samuel, perguntando do paradeiro do rapaz, mas percebu, no aplicativo de mensagens, que a última visualização dele foi às 19h do dia 29 de dezembro.

O corpo de Diene permanece no IML de Curitiba, já que a jovem é de Belém do Pará e aguarda a chegada de familiares para reconhecimento.

COMENTÁRIO DO JACU:

Nenhum crime se justifica, mas tem ladrão de galinha ou gente que rouba comida em supermercado e fica até mais de um ano preso. Agora se pode matar alguém e curtir até o final do processo coçando o saco em casa. Tendo o luxo de ainda pagar o advogado e recorrer em quatro instâncias da Justiça.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem