Propaganda Prefeitura de Nova Laranjeiras
Propaganda Prefeitura de Laranjeiras do Sul

Homem é encontrado morto dias depois da tragédia da piscina em Rio Branco do Sul

Leonardo Lara ao lado da namorada Roseli da Silva Santos, que também morreu dias antes eletrocutada (Foto: Redes Sociais)

A tragédia que resultou na morte de três pessoas por eletrocussão em uma chácara na Região Metropolitana de Curitiba continua a assombrar, agora com o falecimento de um dos sobreviventes. Leonardo Lara, de 27 anos, que era o namorado de Roseli da Silva Santos, mãe de Emily Raiane de Lara, 40, e Agner Cauã Coutinho dos Santos, 17, foi descoberto sem vida em sua residência em Itaperuçu, também na Região Metropolitana de Curitiba, nesta quinta-feira (8).

O acidente ocorreu quando um galho de pinheiro rompeu a fiação elétrica e a lançou na piscina onde estavam as vítimas. Leonardo, que também estava na piscina naquele fatídico domingo (4), sofreu a descarga elétrica e foi levado em estado grave ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba.

Apesar dos esforços médicos, Leonardo não resistiu e veio a falecer posteriormente em sua residência. A Polícia Civil do Paraná abriu um inquérito para investigar as circunstâncias da morte do jovem, com suspeitas iniciais de suicídio.

O drama de Leonardo ganhou destaque quando, um dia antes de sua morte, ele compartilhou nas redes sociais sua dor pela perda da namorada e dos enteados. Em uma mensagem tocante, ele expressou o vazio que sentia sem eles e a dificuldade de seguir adiante sem a presença que tanto o ensinou a viver.

A comunidade local está consternada com mais essa reviravolta na tragédia que abalou a todos. 

Via TN Online | Editado por Jacu

COMENTÁRIO DO JACU:

Uma desgraça que desencadeou outra desgraça e sem ninguém perto do rapaz para auxiliar neste momento de dor. As famílias é que sofrem nessa hora. Essa situação foi um descuido total dos responsáveis pelo local. Que descansem em paz. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem