Propaganda Prefeitura de Nova Laranjeiras
Propaganda Prefeitura de Laranjeiras do Sul

Apoio do Estado contribuiu para sucesso do Show Rural 2024 em recorde de comercialização

Com apoio do Estado, Show Rural 2024 bate recorde de comercialização e público
Foto: Gabriel Rosa/AEN

O Show Rural Coopavel, a maior feira agropecuária do Paraná, localizada em Cascavel, estabeleceu novos recordes de negócios e público em sua edição de 2024. Encerrada na sexta-feira (9), a feira registrou R$ 6,1 bilhões em negócios, um aumento de 22% em relação aos R$ 5 bilhões da edição de 2023.

Além disso, a feira também registrou um recorde de público. Durante os cinco dias do evento, 391.316 pessoas visitaram o Show Rural Coopavel, um aumento em relação às 384.122 pessoas de 2023. O número de visitantes é maior do que a população de Ponta Grossa, a quarta cidade mais populosa do Paraná, com 358.371 habitantes.

Dilvo Grolli, presidente da Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Copavel), que organiza o evento, comemorou o sucesso da feira. "Foi o maior evento da história do Show Rural Coopavel. Compartilhamos esses números impressionantes com o Paraná, o Brasil e toda a América do Sul. Tivemos a participação não só dos produtores rurais, mas também de toda a sociedade, incluindo caravanas da América do Sul e de outros continentes", disse ele.

O Governo do Paraná é um dos principais apoiadores da feira. Empresas estaduais montaram estandes no Show Rural Coopavel para intensificar o diálogo com setores da economia e técnicos do Sistema Estadual de Agricultura (Seagri).

Durante sua visita ao Show Rural Coopavel na terça-feira (6), o governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou uma série de financiamentos para fortalecer o agronegócio paranaense. Os financiamentos beneficiam desde pequenos produtores rurais até cooperativas, cuja produção impulsiona o mercado interno e as exportações do Paraná.

Um dos destaques foi a assinatura de contratos do Banco do Agricultor Paranaense e do programa Trator Solidário, que beneficiam pequenos produtores rurais, responsáveis por cerca de 45% da produção bruta do Paraná.

Lançado em 2021 pelo governador Ratinho Junior, o Banco do Agricultor Paranaense é uma iniciativa do governo que oferece subvenção econômica a produtores rurais, cooperativas, associações e agroindústrias familiares, disponibilizando financiamentos com juros mais baixos ou mesmo sem juros para esse segmento. O programa também apoia a geração de energia renovável nas propriedades rurais e a instalação de sistemas de irrigação.

O programa Trator, Implementos e Equipamentos Solidários para a Agricultura Familiar do Paraná permite o financiamento de tratores, pulverizadores e colhedoras a preços mais acessíveis para pequenos produtores. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná), a Fomento Paraná, agentes financeiros e cooperativas de crédito, além de fabricantes desses equipamentos.

As cooperativas também foram beneficiadas com financiamentos durante o Show Rural Coopavel. Ratinho Junior assinou dois protocolos de intenções do Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar do Paraná (Coopera Paraná). O programa tem como objetivo fortalecer as cooperativas para melhorar a competitividade e a renda dos agricultores familiares paranaenses, com foco em agroecologia e agricultura orgânica. De 2019 a 2023, o programa investiu R$ 72,5 milhões, beneficiando 101 cooperativas e 66 associações a partir de 215 projetos.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) liberou R$ 621,5 milhões para investimentos no agronegócio. O montante atende desde as principais cooperativas do Paraná até pequenos produtores rurais que poderão aumentar a produtividade em suas propriedades. Os financiamentos são, principalmente, para ações de inovação no agronegócio. Desse montante, R$ 617 milhões são apenas para cooperativas, como a C.Vale, que vai receber R$ 150 milhões.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Secretaria de Estado do Planejamento firmaram um protocolo para colaborar na melhoria dos projetos de Concessão e Parcerias Público-Privadas (PPPs) do estado, no âmbito do Programa de Parcerias do Paraná (PAR).

Além disso, o BRDE disponibilizou recursos para Cornélio Procópio e empresas inovadoras, e formalizou a criação da chamada pública do Fundo Verde. Durante sua participação de cinco dias no Show Rural, o BRDE buscou novos negócios, fortaleceu suas parcerias com cooperativas e empresas, e consolidou sua posição como o principal distribuidor de recursos para linhas de inovação. A equipe técnica do BRDE prevê que o banco deve alcançar contratos da ordem de R$ 2 bilhões em todo o Paraná.

Outro ponto alto da visita do governador ao Show Rural Coopavel foi o compromisso do estado em expandir a implementação de biogás e biometano no meio rural. O governador assinou um documento durante a feira que estabelece como estratégia principal o fortalecimento do Programa Paraná Energia Rural Renovável (RenovaPR).

Adicionalmente, as universidades estaduais e os colégios agrícolas organizaram uma programação especial para exibir projetos inovadores desenvolvidos com investimento público.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem