Assembleia Legislativa do Parana
Propaganda Prefeitura de Nova Laranjeiras
Propaganda Prefeitura de Laranjeiras do Sul

Condenação de Abelino por "rachadinha" respinga na pré-campanha do delegado Michel em São José dos Pinhais

Vereadores Abelino e Delegado Michel de São José dos Pinhais (Foto: Divulgação)

Pelo grosso do rabo - O vereador Professor Abelino (Podemos) de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), foi condenado juntamente com três assessores por improbidade administrativa. De acordo com o Ministério Público do Paraná (MPPR), Abelino nomeou três servidores parlamentares "fantasmas" que recebiam salários sem prestar serviço público.

Repercussão Política

A condenação de Abelino teve um impacto significativo na campanha do pré-candidato a prefeito Delegado Michel (Podemos). Recentemente, Michel postou fotos em redes sociais participando de eventos ao lado de Abelino, o que agora repercute negativamente. A situação se agravou com a crítica pública do deputado estadual Denian Couto, presidente estadual do Podemos, que em seu programa de rádio no dia 6 de junho, criticou duramente Abelino. Couto ameaçou intervir caso a executiva municipal do partido não tome providências para expulsar o vereador, mencionando que poderia acionar a executiva nacional do partido.

Decisões e Punições

As penalidades impostas a Abelino incluem a perda do cargo, suspensão dos direitos políticos por oito anos, proibição de contratar com o poder público por dez anos e uma multa de R$ 594,9 mil. Os três assessores envolvidos também deverão devolver os valores recebidos, que variam entre R$ 190,7 mil e R$ 268,4 mil, além de pagarem multas de R$ 16,5 mil a R$ 26,8 mil. Eles também perderão seus direitos políticos por cinco anos e serão proibidos de contratar com o poder público pelo mesmo período. Dois dos assessores trabalharam entre 2013 e 2016, enquanto a terceira ainda ocupa uma função pública e também foi condenada à perda do cargo.

Segundo o MPPR, Abelino deverá “arcar solidariamente com os montantes das multas dos outros condenados”. Cabe recurso da decisão.

Resposta de Abelino

O vereador Abelino negou as acusações, afirmando ser vítima de perseguição pessoal por parte de um promotor de justiça. Ele destacou que o processo se refere a eventos de quase dez anos atrás e informou que pretende recorrer da decisão.

Impacto no Podemos e na Pré-candidatura de Delegado Michel

A condenação de Abelino não afeta apenas sua carreira, mas também pode ter sérias implicações para Delegado Michel, pré-candidato à prefeitura de São José dos Pinhais pelo Podemos. A proximidade entre Michel e Abelino pode prejudicar a imagem do pré-candidato, destacando fragilidades dentro do partido e potencialmente enfraquecendo sua campanha em meio ao escândalo.

Posição da Câmara Municipal

Em nota oficial, a Câmara de São José dos Pinhais afirmou que a condenação do vereador não configura um ato de improbidade administrativa dentro do contexto legislativo atual e que tomará as devidas providências caso seja formalmente notificada.

Nota Oficial CMSJP:

"Em relação à notícia publicada no sítio do Ministério Público do Estado do Paraná a respeito da condenação de vereador e ex-assessores da Câmara Municipal de São José dos Pinhais, informamos que esta não figura no polo ativo ou passivo de processo algum em que se apure ato de improbidade. Caso o Poder Legislativo venha a ser notificado para que tome alguma providência, as mesmas serão adotadas no prazo legal."

COMENTÁRIO DO JACU:

Vereador gostar de uma "rachadinha" não é novidade, mas não da forma que você está pensando vivente, é aquela mesmo de pegar a grana do coitado do comissionado para pagar contra atrasada de campanha ou de sacanagem mesmo, já ganha um 'salarião' e ainda quer forrar ainda mais o "borso" de dinheiro público!!!

Ouça o áudio do deputado Denian Couto a respeito (via @informasjp):

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem